terça-feira, maio 21, 2024

Árbitro explica expulsões no jogo Atlético-GO x Flamengo

O árbitro André Luiz Policarpo Bento enfrentou momentos tensos durante e após a partida entre Atlético-GO e Flamengo, realizada no estádio Serra Dourada. Em seu relato na súmula, André descreveu uma série de ofensas que partiram não só de membros da equipe do Atlético-GO, como também do próprio mascote do time. Segundo o árbitro, após o término do jogo, enquanto a equipe de arbitragem se dirigia ao vestiário, foi abordada pelo mascote, identificado como Paulo Marcos, que proferiu insultos graves contra eles.

— Relato que após o termino do jogo quando a equipe de arbitragem se dirigia para o vestiário, fui abordado pelo mascote, identificado como senhor Paulo Marcos, (que) proferiu as seguintes palavras: ‘seus filhos da puta, ladrões, vai tomar no seu c*’, escreveu André.

ANÚNCIO

Além do mascote, o ambiente hostil continuou com ações vindas do banco de reservas do Atlético-GO. O preparador de goleiros da equipe foi apontado por Bento como um incitador da torcida contra a arbitragem, aumentando a pressão sobre os juízes. A situação se agravou com declarações do atacante Luiz Fernando em uma entrevista ao Premiere, onde acusou o árbitro de má intenção e de prejudicar deliberadamente a equipe goiana.

Durante o jogo, o técnico do Atlético-GO, Jair Ventura, foi expulso após proferir ofensas ao árbitro e ao assistente, segundo relatos do árbitro na súmula. A tensão entre as equipes e a arbitragem se refletiu em decisões que tiveram grandes impactos no resultado do jogo. Ventura, ao ser expulso, deixou sua equipe em uma situação complicada, gerando ainda mais discussões sobre a conduta e as decisões dos árbitros.

— Relato que após a informação do árbitro assistente número 1, senhor Felipe Alan, expulsei de forma direta o senhor Jair Ventura, técnico da equipe do Atlético-GO, por proferir na direção do árbitro da
partida as seguintes palavras: ‘dá cartão, seu filho da p***’, e após para o arbitro assistente número 1, ’vai tomar no seu c*, vai tomar no seu c*’, informou André.

Outros dois jogadores do Atlético-GO também receberam cartões vermelhos durante a partida. Maguinho foi expulso após um lance considerado de jogo brusco grave pelo árbitro, onde atingiu com o cotovelo o rosto de um jogador adversário, causando sangramento. Esta infração resultou em um pênalti para o Flamengo, que foi convertido e ajudou a definir o resultado do jogo.

O primeiro jogador do Atlético-GO a ser expulso, Alix, recebeu o cartão vermelho por impedir uma clara oportunidade de gol do Flamengo fora da área penal. A falta resultou em um gol direto marcado por De La Cruz, contribuindo para a vitória do time carioca. As expulsões e as consequências delas, portanto, foram decisivas para o desfecho do confronto.

saviofelipe
saviofelipe
28 Anos, redator no MengoNews, Flamengo Agora e no Futebolizei

NOVIDADES

Latest Posts

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.